RSS

Neutralidade Suspeita

10 ago

Michel Durand, psicanalista lacaniano bem-sucedido, amante de antigüidades e da boa vida, sabia que a tarefa do analista era escutar de maneira neutra seus pacientes. Sabia também que Freud tinha razão ao dizer que um verdadeiro crime não é assunto para o divã, mas para delegacias e tribunais. Por que então não escutou seu supervisor quando ele lhe disse para não fazer nenhuma investigação fora do consultório? Ao cometer esse erro, Durand entra numa aventura digna dos melhores suspenses de Hitchcock e acaba descobrindo algo mais desconcertante do que crimes executados com mão de mestre.

Jean-Pierre Gattégno    ;   Companhia das Letras  ; 1998   ;  R$ 7,00   .Brochura com a capa amassada e encapada com contact transparente. Assinatura de posse e carimbo de sebo; bom estado de conservação, 198 páginas.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 10 de agosto de 2010 em Literatura Estrangeira

 

Tags: , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

 
<span>%d</span> blogueiros gostam disto: